Os Quatro Cavaleiros

os-4-cavaleiros

 

Four Horsemen (Os quatro Cavaleiros) é um documentário britânico criado e dirigido por Ross Ashcroft. A produção ganhou vários prêmios internacionais e seu nome faz referência aos quatro cavaleiros do Apocalipse sendo que, no documentário, são descritos como: Guerra, Conquista, Fome e Morte. Todo o conteúdo exposto gira em torno da sociedade americana, mas podemos reconhecer todos os problemas e dilemas aqui mesmo no Brasil já que também vivemos em uma sociedade “democrática”.

A Ascensão do Dinheiro

a ascenção do dinheiro

Bem vindos ao mundo do dinheiro, bufunfa, grana, tutu, cascalho, verdinha, din din, barão, tostão, trocado, chame do que quiser. Dinheiro pode nos derrubar ou pode nos erguer. Eu quero explicar para vocês como o dinheiro cresceu para desempenhar um papel tão importante em todas nossas vidas.

Episódio 1 – Sonhos de Avareza

Episódio 2 – Escravidão Humana

Episódio 3 – Bolhas de Sabão

Episódio 4 – Negócio Arriscado

Episódio 5 – Seguro como Casas

Episódio 6 – Chimérica

 

Quer baixar esses vídeos ? Clique AQUI !

Relembrando 1929 (Os Loucos Anos 20)

Relembrando 1929

Nos nos 20 Nova York era o lugar onde tudo acontecia. Manhattan havia virado a capital do mundo, o lar do glamour e da sofisticação, a cidade que nunca dorme. La jovens dançavam jaz e pessoas se tornavam milionárias da noite para o dia. Foi a festa mais duradoura dos tempos modernos. Sem aviso a bolha estourou, a festa acabou. Um terremoto financeiro abalou Wall Street ele foi chamado de o grande crash e ele traumatizou a nação americana. Milhares de empresas quebraram, milhões de pessoas perderam seus empregos. Homens orgulhosos encaravam a humilhação do auxílio à pobreza e da sopa comunitária. Famílias que perderam suas posses foram viver em favelas, ha um passo dos símbolos de riqueza. Como os Estados Unidos cresceram e caíram tão rapidamente ? Como a locomotiva do mundo ocidental se pôs de joelhos em 1929 ?

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !

A Verdadeira História do Natal

A Verdadeira História do Natal (1)

Natal. Fazem-se árvores, ligam-se luzes. Não há melhor lugar do que nossa casa para as festas. Um empolgante período de festas e presentes que só os sovinas não gostam. Mas onde começou essa tradição ? Porque penduramos meias ? Quando começamos a cantar cânticos de natal e a decorar árvores ? Como o Papai Noel acabou usando vermelho, um trenó e oito pequenas renas ? Há histórias ocultas atrás de nossos hábitos modernos. Umas são obscuras e místicas, outras são só para ganhar dinheiro. Então prepare-se para a verdade por trás das festas que adoramos. Essa é a verdadeira história do natal.

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !

Quem matou o carro elétrico ?

Em 1996, carros elétricos começaram a aparecer nas estradas da Califórnia. Eles eram silenciosos e rápidos, não expeliam fumaça e rodavam sem gasolina. Dez anos depois, esses carros futurísticos haviam desaparecido quase que completamente. O Que houve ? Por que deveríamos estar sendo assombrados pelo fantasma do carro elétrico ? Essa não foi a primeira vez que o carro elétrico foi morto. Há cem anos, havia mais carros elétricos nas ruas que carros a gasolina. Para muitos, os carros elétricos eram os preferidos. Eram silenciosos, suaves e podiam ser recarregados em casa. Carros a gasolina, por outro lado, precisavam de manivela e produziam fumaça. À medida que o século 20 ganhava velocidade, o carro elétrico perdia impulso. Partidas automáticas, petróleo barato e produção em massa deram vantagem ao carro a gasolina. Em 1920, o motor de combustão interna ganhara a corrida pelo controle das estradas e a era automobilística moderna nascia.

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !

Ouro Azul: Guerras Mundiais pela Água

Em 1906, Pablo Valencia ousou realizar a viagem do México até a Califórnia em busca de ouro. Ele sobreviveu sem água por uma semana. Quando foi resgatado ele documentou a experiência da sede. A saliva se torna espessa, a garganta dá um nó. A língua incha tanto que sai da boca, a laringe incha a ponto de dificultar a respiração, criando a terrível sensação de afogamento. A face endurece devido à contração da pele. As pálpebras secam e os globos oculares sangram. Muitos começam a alucinar.  Esse não é um filme sobre salvar o meio ambiente mas sobre salvar a nós mesmos. Pois qualquer um (independente da sua visão política, social e ambiental) que ficar sete dias sem água irá verter lágrimas de sangue.

Quer baixar esse vídeo? Clique AQUI !