Os 7 Pecados Capitais: Avareza

Os sete pecados capitais. Eles existem em cada um de nós e alguns dizem que eles fazem parte da nossa alma. Luxúria, inveja, gula, preguiça, avareza, ira e soberba. De acordo com a teologia católica pecar é simplesmente pensar nesses pecados capitais. No entanto, estranhamente esses pecados não aparecem na bíblia sagrada. Eles surgiram pela primeira vez nos mosteiros do Egito mais de 300 anos depois de o Novo Testamento ter sido escrito.Cada um desses pecados tem uma história secreta revelando como eles se tornaram capitais. Os 7 pecados capitais tiveram um enorme impacto na história, na sociedade e em nossa alma. E o pecado que coloca um preço em tudo é a avareza.  Avareza, o desejo excessivo ou voraz de um indivíduo por riqueza ou posses. Esse pecado é conhecido por vários nomes, ganância, cobiça e cupidez. Ele leva a atividades proibidas como acúmulo de bens, traição, corrupção e roubo. Todas as pessoas são susceptíveis à ganância, os problemas surgem quando nossas posses nos controlam ao invés de nós controlarmos nossas posses.

Os Sete Pecados Capitais – A Gula

Os sete pecados capitais. Eles existem em cada um de nós e alguns dizem que eles fazem parte da nossa alma. Luxúria, inveja, gula, preguiça, avareza, ira e soberba. De acordo com a teologia católica pecar é simplesmente pensar nesses pecados capitais. No entanto, estranhamente esses pecados não aparecem na bíblia sagrada. Eles surgiram pela primeira vez nos mosteiros do Egito mais de 300 anos depois de o Novo Testamento ter sido escrito.Cada um desses pecados tem uma história secreta revelando como eles se tornaram capitais. Os 7 pecados capitais tiveram um enorme impacto na história, na sociedade e em nossa alma. E o mais paradoxal dos 7 pecados capitais é a gula.

O pecado da gula não é mencionado na Bíblia, mas já no século IV os Cristãos acreditavam que poderiam ir para o inferno por comer em excesso. Durante a Idade Obscura, os teólogos acreditavam que havia sete formas de cometer o pecado da gula, desde “comer demasiado” até “comer de forma demasiado refinada”. O escritor italiano Dante dizia que os que cometiam este pecado seriam castigados e ver-se-iam obrigados a comer sapos e insectos. Acreditou-se que este pecado era a origem da obesidade e do alcoolismo, e os cruzados combateram-no de muitas maneiras, que englobam desde os jejuns religiosos até à proibição.

Os Sete Pecados Capitais – A Soberba

Os sete pecados capitais. Eles existem em cada um de nós e alguns dizem que eles fazem parte da nossa alma. Luxúria, inveja, gula, preguiça, avareza, ira e soberba. De acordo com a teologia católica pecar é simplesmente pensar nesses pecados capitais. No entanto, estranhamente esses pecados não aparecem na bíblia sagrada. Eles surgiram pela primeira vez nos mosteiros do Egito mais de 300 anos depois de o Novo Testamento ter sido escrito.Cada um desses pecados tem uma história secreta revelando como eles se tornaram capitais. Os 7 pecados capitais tiveram um enorme impacto na história, na sociedade e em nossa alma. E o mais perigoso desses pecados é a soberba.

Soberba. Corrompe tudo o que toca, tumor da alma. Para o papa Gregório a soberba era o pior dos 7 pecados capitais. Mas o que é a soberba ? E por quê ela é considerada tão malígna?

Os Sete Pecados Capitais – A Avareza

Os sete pecados capitais. Eles existem em cada um de nós e alguns dizem que eles fazem parte da nossa alma. Luxúria, inveja, gula, preguiça, avareza, ira e soberba. De acordo com a teologia católica, pecar é simplesmente pensar nesses pecados capitais. No entanto, estranhamente esses pecados não aparecem na bíblia sagrada. Eles surgiram pela primeira vez nos mosteiros do Egito mais de 300 anos depois de o Novo Testamento ter sido escrito.Cada um desses pecados tem uma história secreta revelando como eles se tornaram capitais. Os 7 pecados capitais tiveram um enorme impacto na história, na sociedade e em nossa alma.

Avareza, o desejo obsessivo ou voraz de um indivíduo por riqueza ou posses. Esse pecado é conhecido por vários nomes; ganância, cobiça ou cupidez. Os problemas surgem  quando nossas posses nos controlam, ao invés de nós controlarmos nossas posses.