Helena de Tróia

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um dos mais entusiasmantes épicos de sempre ganha vida neste conto clássico inspirado pela “Ilíada” de Homero. Percorrendo uma galeria de lugares exóticos e efeitos artísticos, juntamente com um elenco multinacional, “Helena de Tróia” conduz-nos à lendária batalha onde se disputa o amor da mulher mais bela do mundo. Apesar de casada com Menelau, Rei de Esparta, Helena (Sienna Guillory) apaixona-se perdidamente por Páris (Matthew Marsden), o charmoso príncipe de Tróia. Os dois amantes fogem para Tróia, onde o Rei Priamo (John Rhys-Davies), pai de Páris, lhes dá guarida. Tal situação desencadeia a guerra, com o impiedoso Agememnon (Rufus Sewell), irmão do Rei, a liderar o poderoso exército espartano até às portas da cidade fortificada. É o início da batalha que decidirá o destino dos dois impérios.

 

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !

A Odisséia

” Odisseu, se você quer ir para casa, primeiro terá que entrar no inferno. Só la encontrará as respostas que procura.”

Baseado no poema homônimo de Homero, A Odisséia retrata as aventuras de Ulisses (ou Odisseu) após a Guerra de Tróia. Depois de desafiar o deus dos mares Poseidon, Ulisses se vê obrigado a vagar por terras e mares, afastado de sua família. A partir de então vive uma série de aventuras enfrentando deuses e diversos monstros para poder voltar a sua casa.

 

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !

300 – A Verdadeira Historia de Esparta

No desfiladeiro de Termópilas no norte da Grécia, sete mil soldados aguardam uma batalha de proporções épicas. Logo enfrentarão o maior exército reunido até então: Quase trezentos mil soldados do poderoso império persa. Liderando os gregos há 300 dos guerreiros mais ferozes da antiguidade; os espartanos. A batalha de Termópolis é uma das mais famosas resistências da história, foi o confronto definitivo entre oriente e ocidente quando 300 guerreiros corajosos lutaram pela última vez.

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !

Grécia: Construindo um Império

Episódio: GRÉCIA: A ERA DE ALEXANDRE
Depois da construção do Parthenon, no século V, a Grécia antiga alcançou seu maior esplendor. Tinha avançado em direção à democracia e alcançado os maiores índices culturais e artísticos do mundo na sua época. Mas a possibilidade de expansão da Grécia até o momento havia sido limitada por guerras civis. Seria necessária a vontade e a visão de um homem, Alexandre Magno, para expandir os limites do império até a Pérsia e Egito.

Quer baixar esse vídeo ? Clique AQUI !